26 May, 2016

Rock in Rio: Eu fui!



Esta edição do Rock in Rio Lisboa ainda vai a meio, mas para mim já terminou. Fui dia 19 ver o Boss e dia 20 ver Brian May e Roger Taylor, foram dois dias cansativos mas espetaculares.

Continua a ser o meu festival favorito, bem organizado, com fáceis acessos e preços convidativos, se souberem aproveitar as promoções (hello, 50% desconto no continente!).

No dia 19 esteve uma noite agreste, minha gente, rapei um frio que nem vos digo. Nem com calças, casaco e camisola suplente me desenrasquei. No dia seguinte lá fui eu carregada com extra agasalhos e esteve uma verdadeira noite de Verão, go figures. 


O recinto


O espaço do RiR é fantástico: muitos espaços verdes (relvinha no chão), áreas com sombras, uma colina que dá um jeitaço aos mais baixos para conseguir ver mais do que cabeças à frente durante os concertos. Além disso, abundam wcs, sempre minimamente limpas e com papel higiénico (e têm uma app a dizer a taxa de ocupação, para evitarem filas).

É permitido entrar com comida, sumos de pacote e garrafas de água sem tampa (se alguém soube qual é a cena com as tampas que me diga, já que dentro do recinto podem comprar garrafas com tampa). Claro que é preciso bom senso, não levem para lá marmitas e tupperwares.


Alimentação


Para mim, a zona alimentar é o ponto fraco: Comida fria pré-confeccionada e com pouco sabor, preços abusados, quantidades muito pequenas. Não há grande oferta de snacks, levem de casa. No entanto, thumbs up por haver opções vegetarianas por lá. 
A tal novidade dos espaços de cozinha de autor? Digo-vos que o wrap do tal chef Kiko foi dos piores que comi. Blergh.



Os concertos


Bruce Springsteen: mais de 2h30 de concerto quase sem pausas, o Bruce tem uma energia contagiante e interagiu imenso com o público. Memorável!

Queen + Adam Lambert: Queen sem Freddie não é a mesma coisa, mas foi dos concertos mais bonitos que vi, pelo ambiente: Noite de lua cheia e 74 mil pessoas a cantar as músicas em uníssono, foi qualquer coisa de épico. 
O Adam tem uma boa voz mas parece não encaixar bem ali. É um papel inglório, toda a gente sabe que o Freddie é insubstituível.
O melhor momento do concerto para mim foi a 'Love of my life' , interpretada pelo Brian May.

Dos outros concertos, muito resumidamente:
  • Stereophonics foi um concerto agradável, sentada confortavelmente no meu sofá insuflável; 
  • o Mika foi uma agradável surpresa, é um excelente performer e a música "Underwater" foi dos momentos mais bonitos da noite, com milhares de telemóveis no ar; 
  • em Xutos e Pontapés: não assisti ao concerto todo, já os vi tantas vezes que não me apeteceu, mas continuam com a mesma energia de sempre;
  • da Fergie, not much to say, não sou fã do estilo mas ela tem grande voz.


As atrações


E porque nem só de música vive um festival, há muita coisa onde nos podemos entreter, enquanto esperamos pelos concertos: Roda gigante, slide, pool parties, stands patrocinadores, rock street. Tudo gratuito, claro. 

Se são fãs de freebies e de jogos, há stands que vale a pena visitar: FNAC, Vodafone (oferece sofás insufláveis, bons para alapar à sombra), Oriflame (ganhei um saco de pano e um batom bem jeitosos)...
Melhores horas para visitar os stands? Logo depois do recinto abrir e durante os concertos. Se as filas estiverem muito grandes, esqueçam lá isso, não precisam de mais uma t-shirt!


O meu favorito foi de longe o stand da Samsung Galaxy - experimentei os óculos Gear VR, o equipamento de realidade virtual da Samsung, e fiquei parva com o realismo da experiência. 
  • Montanha russa: Acho que já posso riscar da lista a Six Flags na America. A experência foi tão realista que até senti aquele friozinho na barriga. Não olhem para baixo se tiverem vertigens! 
  • Bungee Jumping: Saltei para dentro de um vulcão, senti o quentinho da lava, e voltei ilesa. Sente-se a adrenalina do salto, mas sente-se segurança, porque hey, é virtual. Nem os medricas têm desculpa para não experimentar.
  • Foto 360º: encarnei uma super heroína, com direito a props, capa incluída. Amostra do resultado final na foto anterior (não fiquei muito bem não, os ares lá de cima não me favorecem - concentrem-se antes nos meus braços musculados).
Fiquei fã do Samsung s7, era um bom upgrade em relação ao meu S4. #samsungteam




Rock in Rio, see you again in 2018.

21 comments:

  1. Fui nas últimas duas edições e adoroooo o RIR, fiquei em casa a roer-me toda mas as bandas para mim não valiam a pena, só ia mesmo pela boa onda do festival e para isso achei que não valia a pena gastar. Mas fiquei triste mesmo assim haha.

    ReplyDelete
  2. Festivais não são DE TODO a minha onda, a minha praia - magooootes de gente a mais para o meu eu eremita - mas digo-te que tive muita pena de n ver o boss. Cresci a detestar Bruce Springsteen, aos 15, 16 anos n podia com o homem, n era metal n valia nada. Hoje em dia aos 43, gosto das cenas dele dos anos 70, 80, e gosto mesmo á brava pq me trazem memórias booooas!!! Nunca iria ao RiR pq n tem o tipo de música que me faria realmente deslocar a um festival, mas na jubentud fui a uns quantos só por causa de certas bandas, tipo ir ao SBSR por FNM, ou Moonspell ou Nephilim, yah, fui, e se houve dias em q fiquei para todos os gigs, houve uns em que vi a banda que queria e bazei - o restante cartaz n me dizia muito. Mas em termos de aspecto, nada a ver, o RiR tem um ar convidativo, os festivais de metal nem por isso - p isso é q hoje em dia n vou a nenhum eheheheh.
    https://bloglairdutemps.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  3. Também vou lá estar amanhã e fiquei super entusiasmada com as novidades da samsung :)

    http://finddyourway.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  4. tenho de fazer ainda o post da minha experiência. ganhamos a mesma t-shirt no entanto a conversa com a sammsung é outra mas isso depois vês no meu ;)
    beijo
    p.s. trouxe o sofá para casa :D bem jeitosinho

    ReplyDelete
  5. Fui ao Rock in Rio em 2010 e adorei a experiência! Está super bem equipado e tem óptimas condições - e sei que tem muito mais coisas agora que tinha no ano de 2010. Quanto à comida não sei porque levei imensos snacks. A coisa com as tampas continua?! Nunca percebi aquilo. Recordo-me que na altura simplesmente escondi a tampa na roupa interior e mal entrei voltei a colocã-la na garrafa. xD

    GIVEAWAY Pack Odisseias SPA + AVENTURA + GOURMET

    ReplyDelete
  6. Parece ter sido uma experiência maravilhosa. E ainda bem que alguém que foi concorda comigo em Queen: Freddie é insubstituível já se sabe mas Adam Lambert apesar da voz que tem não é voz para um concerto daqueles. Mas vi momentos bonitos e adorei a Love of My Life interpretada pelo Brian May também.

    Beijinho

    ReplyDelete
  7. Realmente parece tudo bem organizado e divertido com imensas coisas para se fazer para além de assistir aos concertos :3 :) beijinho

    ReplyDelete
  8. Parece que aproveitaste super bem, eu vou amanhã! ❤

    ReplyDelete
  9. Deve ter sido fantástico!
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  10. Great photos ! It looks amazing ! :)

    ReplyDelete
  11. Nunca fui ao Rock in Rio mas tenho a certeza que era um festival que ia adorar, sobretudo por causa das atracções!

    Beijinhos, Hellen
    http://instantesimprovaveis.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  12. Nesta edição não fui e confesso que tive pena. Adorei acompanhar a tua experiência :)

    MY KIND OF JOY

    ReplyDelete
  13. Adorava ter ido ver Queen. Vi a transmissão pela Sic radical e no momento em que o Brian May interpretou a Love Of My Life até me vieram as lágrimas aos olhos! Não queria ir porque achei que me desiludiria com o Adam Lambert e que talvez não valesse o dinheiro que gastava, mas confesso que até me arrependi de não ter aberto os cordões à bolsa! :)
    xx, Ana

    The Insomniac Owl Blog

    ReplyDelete
  14. Hehehe é super fixe a experiencia vale muito apena :)
    Fui no 27 e 28 e também aproveitei os 50% do continente :D
    E já deixa pena! Agora só em 2018.
    Beijinhos ***

    ReplyDelete
  15. Tive mesmo pena de não ter podido ir este ano... 2018 maybe :D
    Beijinhos querida

    Blog Denise de Assis
    Facebook Page

    ReplyDelete
  16. Deve ter sido uma experiência e tanto! Eu nunca fui a um festival de verão ou algo assim, apenas concertos no meo arena. Deves ter guardado imensas recordações :)
    with love, KATE ❤

    ReplyDelete
  17. Concordo plenamente com tudo o que disses-te o Bruce vi em 2012 e este ano, como sabes fui ver Queen. Chorei o concerto quase todo (mas pronto tenho desculpa porque são a minha banda favorita).
    Adorei Adorei Adorei <3
    http://annesperks.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  18. Olha, nunca imaginaria que houvesse opções vegetarianas no RiR! Achei que fosse tudo à base de cachorros e hambúrgueres. Que bom!

    Kill Your Barbies

    ReplyDelete
  19. Embora tenha ido à preview do RiR, tive muita pena de não ter ido aos concertos. Espero que te tenhas divertido :D

    Love, Marie Roget | Marie Roget Shop

    ReplyDelete
  20. Ainda não foi desta que fui ao RiR mas um dia lá estarei! :)

    ReplyDelete

Thank's for your comment, hope you'll come back!